Monthly Archives: November 2004

HOJE NÃO…

(foto de Erik Reis) …, não vos (me) falo de poesia! Deixemos a lírica de lado! Hoje falo-me(vos) de desencanto, de tristeza apenas! Por nada…ou talvez por tudo! Que uma pessoa tem o direito de entristecer de quando em vez…ou … Continue reading

Posted in Uncategorized | 21 Comments

ESPELHO DE MIM

Sou o teu olhar, o teu sabor, a tua sede, a tua pele e o teu calor… Sou o dar-me inteira a ti, amor!

Posted in Uncategorized | Leave a comment

ESPELHO DE MIM

(foto de Carlos Afonso) Sou o teu olhar, o teu sabor, a tua sede, a tua pele e o teu calor… Sou o dar-me inteira a ti, amor!

Posted in Uncategorized | 16 Comments

CONHEÇO-TE!

(foto de A Brito) Conheço-te, sei a tua voz, a expressão do teu rosto; e o teu olhar, ora intenso e penetrante, ora vazio e distante …fala-me de ti. Sei o suave sabor de tua boca, o toque terno de … Continue reading

Posted in Uncategorized | 18 Comments

CONHEÇO-TE!

Conheço-te, sei a tua voz, a expressão do teu rosto; e o teu olhar, ora intenso e penetrante, ora vazio e distante …fala-me de ti. Sei o suave sabor de tua boca, o toque terno de tuas mãos em mim. … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

NADA!

(foto de Carlos Carreto) Não sobrou nada senão a saudade; não sobrou nada senão o vazio, a solidão! Nada mais que um sentir-grito…metáfora de desespero! Não sobrou nada mais que um espasmo de dor…perifrástica que teima em se prolongar para … Continue reading

Posted in Uncategorized | 23 Comments

NADA!

Não sobrou nada senão a saudade; não sobrou nada senão o vazio, a solidão! Nada mais que um sentir-grito…metáfora de desespero! Não sobrou nada mais que um espasmo de dor…perifrástica que teima em se prolongar para além do Tempo…

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Poema português…para ser lido com sotaque brasileiro!

(foto de Hugo Neto) Seu olhar felino me deixa tão louca, me faz desejar provar sua boca. Me deixa excitada. que sorte danada! Seu olhar felino me deixa suada. Não olha p’ra mim que eu fico sem jeito Não me … Continue reading

Posted in Uncategorized | 19 Comments

Poema português…para ser lido com sotaque brasileiro!

Seu olhar felino me deixa tão louca, me faz dessejar provar sua boca. Me deixa esxitada. que sorte danada! Seu olhar felino me deixa suada. Não olha p’ra mim que eu fico sem jeito Não me olha assim! Deita no … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Preciso…

…de um mimo! De um mimo teu: p’ra meu coração se elevar ao céu! Um mimo que fosse… quentinho a estalar e nele sentisse o teu paladar! Mas precisa ser terno e bem doce, p’ra ficar guardado pelo Inverno adiante. … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Preciso…

(foto de António Martins) …de um mimo! De um mimo teu: p’ra meu coração se elevar ao céu! Um mimo que fosse… quentinho a estalar e nele sentisse o teu paladar! Mas precisa ser terno e bem doce, p’ra ficar … Continue reading

Posted in Uncategorized | 16 Comments

ACREDITEI!

(foto de Paulo de Sousa) Acreditei que podia ver em teus olhos o quanto me querias… Pensei que vivias só para mim, que nada mais desejavas que o meu ser e o meu eu… Sim, olhei em teus olhos e … Continue reading

Posted in Uncategorized | 20 Comments

Aí…

…rompi para lá do muro e do Olhar e atravessei a Vida Como quem passa, despercebida, na multidão das cores E se multiplica na imensidão das flores…

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Aí…

(foto de Miguel Oliveira) …rompi para lá do muro e do Olhar e atravessei a Vida Como quem passa, despercebida, na multidão das cores E se multiplica na imensidão das flores…

Posted in Uncategorized | 9 Comments

Diz: "AMO-TE"…não custa nada!

Adiámos…deixámos passar o tempo, perdemos o MOMENTO e AGORA é tarde demais. Alguém partiu sem me ter ouvido dizer: “AMO-TE”…

Posted in Uncategorized | 19 Comments