Monthly Archives: September 2013

Tão verdadeira, a tarde…

As coisas que nunca foram não deviam deixar memória. Nem as dores…nem o fugaz momento de glória. Do livro que não li fica a distância entre mim e o herói. Como o motor do carro que se ouve apenas e … Continue reading

Posted in da terra; aldeia | Tagged , | 24 Comments