Um artigo sobre obesidade

Todos os dias, milhares de portugueses lutam contra uma doença que é ainda invisível para a sociedade, apesar de se refletir no corpo destes doentes.

A obesidade é um problema de saúde crónico e, por isso, sem cura, mas que pode ser controlado. Mesmo assim, o doente obeso convive diariamente com o preconceito de quem acredita que basta ‘fechar a boca’ para não engordar.

Mas entre o excesso de peso e a doença da obesidade atravessa-se uma luta de todos os dias, mesmo para quem já conquistou avanços. “Um doente ex-obeso é um obeso controlado. A obesidade é uma doença crónica. Existe sempre risco de recuperar o peso.

É uma guerra diária e cansativa”, explica ao CM Carlos Oliveira, presidente da Associação de Doentes Obesos e Ex-obesos de Portugal (Adexo), que lamenta a falta de compreensão de muitos portugueses para “uma doença real que tem mesmo de ser tratada”. Numa luta constante contra o próprio corpo, com o cérebro a criar a sensação de fome permanente, os doentes obesos enfrentam ainda uma guerra exterior.

“A partir de determinada altura, estes doentes desesperam com a necessidade de ter de perder peso por razões de saúde e sociais, não conseguem arranjar emprego, têm de enfrentar uma série de dificuldades”, alerta o representante da Adexo. Por isso, estão também mais expostos aos perigos das dietas ‘milagrosas’ e dos produtos que prometem resultados irreais. “No desespero, deitam mão a tudo”, considera Carlos Oliveira. Para vencer a guerra, o caminho não deve ser percorrido sozinho.

 

This entry was posted in Bem-me-quer and tagged . Bookmark the permalink.

6 Responses to Um artigo sobre obesidade

  1. chica says:

    Uma doença que cada vez mais está presente ,infelizmente e é necessária força de vontade e ajuda! E tu, melhoraste bem? bjs, chica

  2. Uma grande verdade. Eu estou quase na linha da obesidade. Há anos que ando numa nutricionista, faço caminhadas e Tai Chi, mas o peso não desce uma grama que seja. Parece também que tem a ver com outras doenças que tenho.
    Um abraço e bom domingo.

  3. Sei o que é isso…a minha filha tem hipotiroidismo e luta para emagrecer.
    Está a ser acompanhada por uma nutricionista/endocronologista e a pela médica assistente.

    Beijinhos.

  4. A grande industria também nada faz para evitar que isto aconteça. Os produtos alimentares contem demasiado açúcar e outras porcarias que não interessam para uma alimentação saudável.
    Saúde.
    Bj

  5. A cozinha “primitiva” utilizava ingredientes mais naturais; o “trabalho” de cozinhar era, por vezes, moroso e penoso, mas as vantagens finais eram visíveis. Os alimentos processados estão no “caminho” das comodidades modernas e os resultados podem aferir-se.
    Bom trabalho.

    Beijo
    SOL

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *